RGPD PARA PROFISSIONAIS DE MARKETING E DE VENDAS

O que é o RGPD?

A proteção dos dados pessoais e a forma como as empresas usam os dados dos clientes, é a principal preocupação de muitos profissionais de marketing e de vendas na Europa.

O RGPD é a abreviatura de Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia. Ele entrou em vigor no dia 25 de maio de 2018, e regulamenta a coleta, o armazenamento e o uso dos dados dos consumidores na UE. As pesquisas corporativas demonstram que muitos Responsáveis pela Conformidade, e outros altos executivos, ainda não estão totalmente familiarizados com as suas exigências. Mesmo agora, muitos departamentos comerciais e de marketing continuam tentando acompanhar este assunto.

O que você deve saber

A minha empresa deve cumprir?

Se você estiver lendo isto, muito provavelmente, sim. O Artigo 3 do RGPD descreve os dois principais grupos de entidades que devem cumpri-lo:

  1.  Empresas localizadas na UE
  2.  Empresas não localizadas na UE, caso disponibilizem bens ou serviços gratuitos ou pagos para pessoas residentes na UE, ou monitorem o comportamento dos mesmos

Isso é bastante abrangente. Se, por exemplo, a sua empresa tiver um site na internet que seja visitado por cidadãos, ou residentes na União Europeia, você provavelmente deverá cumprir, nesta base, se coletar informação pessoal identificável dos visitantes do seu site.

Qualquer organização que processe os dados de qualquer pessoa, no contexto de venda de bens ou serviços na UE, deve cumprir este novo regulamento, caso contrário, poderá estar sujeito a pesadas multas. A sua empresa poderá estar sediada no Chile, na China ou no Canadá, mas se você tiver apenas um cliente que resida na União Europeia, você deverá cumprir com este novo conjunto abrangente de regulamentos.

O que é informação de identificação pessoal?

Um nome

Uma fotografia

Um endereço de e-mail

Informações bancárias

Publicações em redes sociais e sites da internet

Informação médica

Um endereço IP do computador

Um número de inscrição na previdência social

Para vendas e marketing, os dados do cliente são a nossa força vital, assim como, uma fonte de receitas em muitos casos. O que vai acontecer com estes dados?

LOCALIZAR e IDENTIFICAR

Onde são armazenados os dados pessoais? Quem tem acesso? Porque os possuem? Há quanto tempo os têm? Quem é o/a responsável?

GERENCIAR

Todos os residentes na UE podem solicitar o acesso aos dados pessoais, gerenciar esses dados de maneira estruturada para que você esteja pronto/a. Corrigir ou eliminar os dados pessoais quando for solicitado, de maneira rápida e eficiente.

PROTEGER

Use as tecnologias certas para que todos os dados pessoais sejam armazenados e transferidos em segurança, e para estabelecer uma transparência nos seus processos de segurança e na proteção de dados, de modo a cumprir totalmente, e de modo eficaz, os requisitos e as auditorias.

INFORMAR

Certifique-se que possui uma equipe dedicada para proteger e gerenciar os dados pessoais, contudo, o desenvolvimento de uma cultura de consciência de segurança, na sua empresa, é essencial para a conformidade. Os erros humanos representam 16% das violações de dados.

MONITORAR

Tecnologias de monitoramento para falhas e práticas arriscadas. Fique atento ao acesso dos dados e às alterações das permissões, para detectar comportamentos suspeitos em tempo hábil. Se você detectar uma violação, deverá avisar as autoridades no prazo de 72 horas.

REPORTAR

Trabalhe com tecnologias e processos para poder gerar relatórios regularmente, e use-os para provar a conformidade da sua organização.

A desvantagem:

  • Você tem menos controle sobre os dados que serão coletados e armazenados, e os seus bancos de dados deverão ser reduzidos.
  • A nova lei tem desvantagens. Isto aumenta o risco legal negative de violações de dados acidentais que não são tratadas completa e imediatamente. Geralmente a conformidade custará dinheiro e tempo.

A vantagem:

  • Transparência. As comunicações com o seu cliente serão melhoradas, e os clientes compreenderão melhor quais são os seus objetivos.
  • Maior confiança. Esta transparência melhorada significa uma maior confiança dos clientes. O RGPD eliminará automaticamente as pessoas de má fé.
  • Legislação harmonizada. Anteriormente, as empresas tinham que lidar com uma grande variedade de legislações. Já não é este o caso. O RGPD abrange todos os países membros da UE.
  • Bancos de dados de consumidores mais direcionados. Com a facilidade das cláusulas de autoexclusão e a necessidade de obter consentimento livre e esclarecido para a coleta de dados, os clientes que permitem que seus dados sejam coletados estão realmente interessados no seu produto, na sua empresa e no seu setor.

Alguns dos documentos que devem ser traduzidos:

Avisos de Privacidade

Políticas de Proteção de Dados/Privacidade

Políticas de Resposta a Violações

Avisos de Privacidade dos Funcionários

Modelos de Acordos de Processamento de Dados

Acordos Estatutários de Transferência de Dados

NOSSO COMPROMISSO

Nossos conhecimentos linguísticos e tecnologias ajudarão você a fornecer mais valor para seus clientes globais.